sexta-feira, 11 de março de 2016

Dos dias.









 
 
Este espaço existe há 5 anos e tem registado os momentos quotidianos que me são mais, pedaços da minha vida, da minha casa para o mundo. Para assinalar este aniversário ficam mais imagens dos meus dias, dos recantos da minha cidade, coisas de que gosto muito e que vou registando, o graffiti de um dos meus artistas preferidos, Hazul, o artista que não deixa que lhe fotografem o rosto mas que encheu a cidade de mulheres sem rosto, figuras animadas e formas geométricas. As palavras escritas no chão de uma das ruas da Baixa e que me dizem tanto. A luz solar de fim de tarde nos belíssimos edifícios da Baixa. A estátua, “O Rapto de Ganímedes”,  de que tanto gosto e que se encontra num dos muitos Jardim do Porto. As belíssimas flores de Inverno que por estes dias inundam a cidade, Porto, a cidade das Camélias.
E os momentos partilhados em casa, um bolo que é uma delicia só, uma frase inspiradora à minha espera no sitio mais improvável, um chocolate quente partilhado no conforto do sofá por entre mantas quentinhas e velas aromáticas
 
 
 
  
Fica também um livro que gostei muito, um livro que me custou muito a ler. Por já ter sentido na pele a perda. Por já ter sentido na pele a eminencia da perda. Por já ter sentido que o meu risco vermelho já esteve prestes a romper, a quebrar. Um livro escrito de uma forma urgente, sincopada e muito bela. Muito lucido e que não se consegue parar de ler.
 
 
  
 
 
E fica também a musica que me tem acompanhado por estes dias sincopados e urgentes. A musica que me ajuda a encontrar aquele ponto tão certo dentro de mim, aquele ponto que faz com tudo volte a fazer sentido. Mesmo quando não.

2 comentários:

  1. Imagens lindas de uma cidade igualmente linda. Gosto particularmente da camelia abandonada nm banco de jardim, tao poetica a imagem. Que esses dias urgentes passem depressa ao som dessa musica tao linda. O livro nao li mas ja esta na lista.
    Bjs
    Maria Joao

    ResponderEliminar
  2. Olá Maria João,

    Os dias urgentes já estão a passar. Devagarinho mas estão a passar. A cidade é linda sim. As fotos de fim de tarde são as que mais me encantam. Adoro a Baixa do Porto ao final do dia, sempre que posso escapo-me para lá. As camélias estão por todo o lado por estes dias.

    Bjs

    ResponderEliminar